galeria Tudo o que precisa de saber para planear a sua viagem às Cinque Terre!

A Ligúria é uma das regiões mais procuradas da Riviera Italiana, não fosse as belíssimas e famosas Cinque Terre fazerem parte deste repertório. Cinco terrinhas à beira mar plantadas com múltiplas casas coloridas apinhadas na montanha, cenário que só se vê (não nos filmes) mas sim naqueles wallpapers de sonho.

Por ter sido dos sítios que mais gostei de visitar na minha road trip a Itália e, por ter achado que poderia desfrutar um pouco mais de tudo o que esta região tem para oferecer, caso tivesse planeado mais ao pormenor a minha estadia, aqui ficam algumas dicas para que o mesmo não aconteça consigo se estiver a planear uma visita para breve.

A região da Ligúria não tem só as Cinque Terre para ver e as Cinque Terre não são um lugar só!
Se decidir ir até às Cinque Terre não pense em fazê-lo num só dia. As Cinque Terre são um parque nacional formado por 5 vilas: Monterosso al MareVernazzaCornigliaManarolaRiomaggiore. Todas elas tem características únicas que valem muito a pena visitar ou saborear: os caminhos escondidos nas montanhas ou à beira mar, os gelados caseiros deliciosos, a comida de sonho, as paisagens de cortar a respiração, o pôr-do-sol mais bonito de toda a Itália que vale a pena ser apreciado, ao sabor de um copo de vinho da região.

Cinco dias será o tempo ideal para visitar esta região, sendo aconselhável visitar 2 terras por dia deixando o ultimo dia para visitar outras vilazinhas próximas também bastante carismáticas, como a romântica aldeia de Portovenere e a luxuosa península de Portofino.

 

Porto Venere
Porto Venere
Porto Venere
Marina de Porto Venere
Porto Venere
Porto Venere

 

Porto Venere
Castelo Doria em Porto Venere

Evite ir de carro.
As cinco terras são um parque nacional, como já referi anteriormente, por isso e mesmo que não seja proibido andar de carro, é pouco recomendável que o faça. Os caminhos embora lindíssimos podem ser muito perigosos de tão estreitos e íngremes, para além de o estacionamento sair muito caro, cerca de 25 euros por dia.

O melhor meio de transporte é o comboio que passa de meia em meia hora desde as cidades mais próximas. Se for no verão pode também ir de barco e usufruir de um dos ângulos mais bonitos das terras, visto do mar.

IMG_5575
As cores de Monterosso al Mare
Monterosso al Mare
Vista de Monterosso al Mare
IMG_4372
Vista de Monterosso al Mare

Marque estadia nas cidades mais próximas, não nas Cinque Terre!
Marcar hotel especificamente nas Cinque Terre pode ser muito complicado e extremamente caro, pois há muita procura e pouca oferta. Procure alojamento nas cidades mais perto como La SpeziaLevanto ou  Sestri Levante, convenientemente localizadas a 10, 5 e 19 minutos de comboio, acabando por poupar dinheiro pois o bilhete fica muito em conta.

Vernazza
Vernazza
IMG_4377
Vernazza
Vernazza
Vernazza

Hiking é uma ótima ideia!
Se gosta de andar e está em forma para o fazer, caminhar pelas Cinque Terre, pode ser a forma mais gratificante de aproveitar a sua visita a estas vilas. Existem trilhos mais fáceis e outros mais cansativos e,  não aconselháveis para quem tem vertigens, mas fique descansado que todos eles estão devidamente assinalados com direções para que não se perca e todos eles têm pontos de descanso com vistas panorâmicas de cortar a respiração.

É aconselhável inclusive, que compre o passe das Cinque Terre à venda em todas as estações de comboio, onde obterá os mapas dos trilhos e acesso aos mesmos, bilhetes para os autocarros ecológicos existentes nos parques, entrada em alguns museus e até acesso à internet gratuito. Os preços variam dependendo da idade ou altura do ano, mas por dia ronda cerca de 7,50 euros por pessoa. Para mais informações nos preços clique aqui.

O único trilho que experimentei foi o de Monterosso al Mare para Vernazza, que leva cerca de duas horas entre subidas e descidas e uma vista privilegiada do oceano e dos campos de cultivo inclinados, entre oliveiras, vinhas e pequenas cascatas de água para nos refrescarmos.

Também subi até à Via dell’Amore ou Via do Amor em português que liga Rio Maggiore à vila vizinha Manarola, mas acabei por voltar para trás por estar fechada ao público para obras. O caminho era muito estreitinho e a vista magnífica, só aconselhável para os mais aventureiros.

O trilho que liga todas as ilhas tem cerca de 11 quilómetros e pode ser feito em cinco horas.

Monterosso al Mare
Hiking Monterosso al Mare
Monterosso al Mare
Monterosso al Mare
Via dell’Amore Vista
Vista da Via dell’Amore

Tire tempo para a apreciar o pôr do sol e saborear a deliciosa comida e bebida que as vilazinhas têm para oferecer!

Faça pausas longas, quer seja para ver o pôr-do-sol mais bonito da Itália, quer seja para saborear a maravilhosa cozinha local, como o marisco fresco, as anchovas, as focaccias e as farinhatas acompanhada por um copo de vinho da região sem esquecer claro, os maravilhosos gelatti de sabores deliciosos, como a nutella ou o mel regional.

Vernazza
Pôr do sol em Vernazza

RiomaggioreRiomaggioreRiomaggioreRiomaggiore

Riomaggiore
Riomaggiore à noite

Gostou deste post, ou tem alguma questão? Então não hesite em deixar o seu comentário/pergunta na caixa de texto em baixo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s